Conheça mais sobre o Jornada no Bosque

A Jornada

Jornada no Bosque – A Natureza na Cidade é um programa museal desenvolvido pelo Casadágua – Instituto e Estúdio de Criação que difunde o patrimônio cultural e natural na cidade de Natal e do Brasil por meio da criação de produtos artísticos e pela coordenação de atividades pedagógicas e interativas. Tem como foco o fortalecimento da imagem do Parque das Dunas como uma importante Unidade de Conservação e também como um espaço museológico e artístico.

O Programa Jornada no Bosque – a Natureza na Cidade é conduzido por três eixos: a pesquisa sobre diversidade cultural e biodiversidade; o processo criativo que produz as distintas linguagens que são construídas para a interação do público, e a coordenação do programa educativo Arte do Parque, que idealiza e promove atividades voltadas para o público visitante por meio oficinas, palestras e workshops, tendo como foco central o contato direto do público com a natureza. O Jornada também oferece uma experiência de arte e tecnologia com a natureza. O Game Jornada no Bosque e a experiência imersiva Txai convidam o público a se conectar com o parque por meio da realidade aumentada e a realidade virtual.

Histórico 2019

Em 2018 como o apoio da direção do Parque das Dunas o Jornada foi aprovado pela Lei Municipal Djalma Maranhão e teve o patrocínio da Unimed Natal e da Luck Receptivo. Nosso programa museal está atento às inovações tecnológicas mundiais e quer também estimular o conhecimento sobre a biodiversidade do Parque por meio de uma experiência gamificada em Realidade

Aumentada e Realidade Virtual. Em 2019 nos dedicamos às produções que servem como ferramentas para sensibilizar a relação dos visitantes com a natureza. Foi produzida a primeira fases do Game Jornada no Bosque, uma exposição de ilustrações à céu aberto, um mapa ilustrado, um kit pedagógico, além de ter realizado uma série de adequações em espaços físicos do Parque das Dunas, como a oficina de arte.

No ano de 2019, no segundo semestre iniciamos a fase de sistematização para levar o Programa para as escolas públicas da capital com o apoio das secretarias de educação municipal e estadual, onde escolas do município e do estado se preparam para receber os produtos e métodos desenvolvido nesta primeira fase do Jornada no Bosque.